Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

28.10.19

Ontem, viste o episódio? #24 The Spy


Tânia Oliveira

Hello. 

#IBlogEveryday - Dia 25

Para quem acompanha este blog, já se apercebeu que, no que toca a séries, adoro as séries relacionadas com crime, suspense, thrillers, espionagem. Além disso, se elas se passarem durante a época da Segunda Guerra Mundial ou no cenário Pós-Guerra, é a cereja no topo do bolo.

The Spy é uma série que conta a aventura do espião Eli Cohen, espião israelita que nasceu no Egito. A série foi filmada em vários lugares, nomeadamente, Marrocos, Hungria e Reino Unido. Não foi possível ser filmada na Síria devido à guerra. A missão de Eli era fingir que era um sírio que regressava da Argentina, com o intuito de se aproximar o mais possível das altas esferas políticas de modo a conseguir o maior número de informações possível. Em cada episódio, o espetador assiste aos esforços e sucessos de Eli Cohen, à loucura para manter duas identidades sem cometer um único erro que seria fatal, às saudades e ao amor que sentia pela esposa e ao seu final trágico. Logo no primeiro episódio assistimos ao final da série, sem sabermos, numa cena pequena, mas tão tensa em que o rabi diz a Eli - "My poor boy, you do not remember your name. You do not know who you are." - desconfiamos qual seria o seu final. Apesar do seu final trágico, graças às informações adquiridas por Eli Cohen, Israel conseguiu vencer a guerra dos 6 dias contra a Síria. A vingança da Síria, embora tenha atingido Israel no todo, atingiu, em particular, Nadia Cohen já que até hoje o seu corpo não lhe foi devolvido, após a execução do marido. 

Apesar da série se basear na vida deste espião, apresenta algumas incongruências históricas por aquilo que pude pesquisar, nomeadamente a profissão da de Nadia, ou mesmo com quem ele trocou informações junto da elite política da Síria. 

É uma minisérie, de apenas 6 episódios, mas todos eles carregados de emoção, de tensão em que o coração do espetador parece que vai saltar a cada momento em que o enredo ganha uma nova revelação. 

The Spy a série que demonstrou que Sacha Baron Cohen é capaz de interpretar papéis sérios. The Spy a série que mostrou ao mundo o que o amor de uma pessoa pela sua nação é capaz de fazer e sobretudo, de sacrificar. 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.