Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

26.10.19

Sobre o Livro #20 A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Zafón


Tânia Oliveira

Hello. 

#IBlogEverDay - Dia 18

#leituraemconjunto

Ao longo do mês de Outubro, participei na leitura conjunta criada pela @blomreads e @a.dance.between.pages do livro A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Zafón. Para mim, foi uma releitura da obra. Li-a pela primeira vez em 2013. Na altura, marcou-me devido a um sem número de razões: história, escrita, personagens, descrição de uma histórica Barcelona. 

Neste post vou falar-vos de como foi participar nesta leitura em conjunto e da minha opinião sobre o livro. A Blomreads criou um grupo de mensagens no instagram com o nome #ASombradoVentoSquad, hastag que cada uma das participantes usava para falar sobre o livro ou sobre a leitura em conjunto. As organizadoras fizeram um esquema de leitura com as páginas por ler e os dias que cada uma tínhamos para ler. As discussões ocorriam duas vezes por semana. Creio que o motivo desta leitura ter corrido tão bem foi devido ao número de capítulos que tínhamos de ler, não serem muitos e as discussões acontecerem duas vezes por semana. A discussão final do livro terá lugar no dia 31 de Outubro. Adorei participar nesta leitura em conjunto com estas meninas, acho que foi a primeira vez que consegui levar um desafio até ao fim. Foi divertido ter alguém com quem discutir os sentimentos que temos sobre as personagens, o decorrer da história e discutir as possíveis teorias. Neste momento, estou a participar noutra leitura em conjunto com O Clube dos Clássicos Vivos, em que estamos a ler O Conde de Monte Cristo e posso-vos confessar de que estou, simplesmente, a adorar a história. 

Quanto à história d'A Sombra do Vento é uma história sobre o amor pelos livros esquecidos transmitido por um pai ao seu único filho. O filho, Daniel, está prestes a embarcar numa aventura sem o saber. Ao escolher a obra que, por coincidência dá o nome a este livro, vai desvendar o mistério do escritor e de tudo o que estava envolto a ele. Pelos olhos de Daniel vemos um paralelismo fantástico entre o passado e o presente numa Barcelona do século XX, possuidora de um passado citadino ruinoso e que ameaça mexer com as emoções das personagens e do próprio leitor. Caso a história não fosse motivo suficiente para ler, o autor conseguiu criar uma panóplia de personagens: sejam elas com características fortes ou sejam personagens dissimuladas com perfil de uma beata virginal até mesmo, personagens com um passado terrível que mexe com o coração de manteiga dos leitores até personagens com perfil de sociopata. Como se todos estes fatores não fossem suficientes, Carlos Ruiz Zafón canta aos ouvidos dos seus leitores através de palavras. É impossível um leitor ficar indiferente a esta obra e não cair nas suas teias de palavras sedutoras tão belamente criadas por ele. Apesar de ser um releitura, daria de novo 5 estrelas a esta obra na plataforma Goodreads.

Para terminar, e para quem fique interessado em ler ou já tenha lido esta obra, só para dizer que esta obra é o primeiro volume de uma tetralogia em que se sucede os seguintes títulos: O Jogo do Anjo, O Prisioneiro do Céu e O Cemitério dos Livros Esquecidos. Vou continuar a ler a saga, obviamente!

Leiam esta obra-prima e apaixonem-se por Barcelona. 

Leiam esta obra e deixem-se encantar por Carlos Ruiz Zafón. 

Quem já conhece este escritor? Qual a vossa opinião dele?

Já conheciam esta obra? 

Kisses, 

Mummy