Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

19.10.19

Sobre o Livro #17 A Resignação de Luís Miguel Rocha com Porfírio Pereira da Silva e Rui Sequeira


Tânia Oliveira

Hello.

#IBlogEveryDay - Dia 14

#Booksweek

E chegamos ao final da #booksweek da melhor forma com um livro de um dos meus escritores preferidos: Luís Miguel Rocha.

89933295_879679039128421_8677508829136551936_n.jpgLuís Miguel Rocha, para quem não sabe, faleceu antes de conseguir terminar esta obra. Gentilmente Porfírio Pereira da Silva e Rui Sequeira tiveram a amabilidade de terminar esta obra por ele e nós, fãs de Luís Miguel Rocha (LMR), agradecemos este gesto.

A história retoma a temática do Vaticano com as personagens e instituições do Vaticano, como também algumas das nossas personagens preferidas: Rafael, Sara e JC. Neste livro, a intenção do autor era explorar a temática da resignação do Papa Bento XVI, agarrando na tão famosa polémica Vatileaks, em que diversos escândalos puseram o Vaticano completamente a nu.

Apesar de ter amado o livro, senti falta do cunho pessoal de LMR, acho que ele nos tinha habituado a um ritmo muito intenso que mal deixava o leitor respirar até à última página. À parte disto, estes dois escritores conseguiram continuar a trama em que o suspense estava lá e o mistério adensava-se a cada capítulo lido. Na minha opinião, os diálogos entre Sara e Rafael poderiam ter sido melhores, contudo no que toca às outras personagens achei os diálogos adequados. Gostei, particularmente, das falas do Papa Bento XVI. Tive saudades da ferocidade de JC e dos ataques cardíacos que me provocava com cada telefonema. Quanto à questão religiosa, o leitor ficou a saber mais do mesmo, acho que não existiu um elemento informativo que surpreendesse, ao contrário dos outros livros.

Gostei do desfecho dado às personagens, principalmente à Sara e Rafael. Admito que estava a torcer por eles.

Apesar disto tudo, não retiro uma estrela dada na plataforma GoodReads. Amei o livro e recomendo. Mas atenção, caso não tenham lido os livros anteriores do escritor LMR, aconselho a lerem primeiro. Ficam com outra perspetiva desta obra.

Quem já conhecia o escritor e a obra dele? O que acharam?

Deixem aqui nos comentários a vossa opinião ou na publicação do instagram.

Kisses,

Mummy