Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

23.04.20

#22 Dia Mundial do Livro - Sugestões

Lista de Livros "Recomendo a todos"


Tânia Oliveira

Hello. 

Hoje é dia 23 de Abril, é o Dia Mundial do Livro. No contexto atual, as editoras estão a aproveitar este dia para venderem e contrariem a situação muito difícil que atravessam, por causa, do Covid-19. Se pudermos, dentro das nossas possibilidades - logicamente - ajudemos as editoras, os pequenos negócios, os escritores que emergiram. Sem eles, não teríamos novas histórias para descobrir e novos mundos para desvendar. Nesta pequena lista, vou revelar os 10 livros que me deram alta ressaca literária depois dos ler. São livros que me marcaram, desde o início do meu percurso como leitora. Não estão aqui todos, alguns ficarão, certamente, esquecidos. Não é por mal, mas é a aquela velha desculpa da idade. 

Vamos lá... Só um aparte, irei colocar a avaliação do GoodReads (GR). 

1. "As Memórias de Cleópatra" de Margaret George. link no GR  - Romance histórico/Ficção Histórica

Margaret George fez uma pesquisa exaustiva sobre a vida de Cleópatra e criou uma trilogia lindíssima e viciante. 1º volume - A Filha de Ísis (GR: 4.12); 2º volume - O Signo de Afrodite (GR: 4.18); 3ª  - O Beijo da Serpente (GR: 4.27)

2. "Memórias de uma Gueixa" de Arthur Golden. link no GR - Romance 

Japão, anos 30. Arthur Golden conta-nos a história de uma gueixa de uma rara beleza, que faz de tudo para sobreviver num mundo cruel e sem piedade, onde o amor não é permitido entrar, mas entra... 

Se tirarmos a parte "romântica" do livro, é somente espetacular, graças aos aspetos culturais da sociedade japonesa. (GR: 4.11)

3. "Expiação" de Ian Mcewan. Link no GR - Romance

Quando assistes a algo que não compreendes, devido à tua idade e todo um rol de acontecimentos começam, sem tu poderes consertar. Bem-vindos a Expiação, possivelmente uma das melhores obras de Ian Mcewan. Ah, já agora, passa-se em Inglaterra, em 1935 (GR: 3.90)

4. "Ensaio sobre a Cegueira" de José Saramago. Link no GR - Ficção

Um dia, acordas e todos estão cegos à exceção de ti. E agora? Como se cura esta pandemia? Livro que é uma autêntica crítica à sociedade. Descrições muito intensas. Um dos meus favoritos de sempre. (GR: 4.12)

5. "Perguntem a Sarah Gross" de João Pinto Coelho. Link no GR Ficção

Livro que alterna entre duas personagens femininas marcantes, cada uma à sua maneira, cada uma com a sua realidade obscura. Tem elementos da segunda guerra mundial que me marcaram muito. (GR: 4.35)

6. "O Retrato de Dorian Gray" de Oscar Wilde. Link no GR Ficção

Se pudesses ficar com a tua aparência, ficarias? O que é mais importante? O Retrato de Dorian Gray responde-vos de uma forma mordaz. Livro repleto de crítica social. (GR: 4.08)

7. "Diário de Anne Frank" de Anne Frank. Link no GR Não-Fição/ Diário

O primeiro livro que li sobre a Segunda Guerra Mundial. Livro obrigatório. Até ao fim, fiquei a rezar que ela sobrevivesse, apesar de saber, antemão, que não iria acontecer. (GR: 4.14)

8. "Os Cisnes Selvagens" de Jung ChangLink no GR Não-Ficção/ Biográfico

Três gerações de mulheres da mesma família, passam por transformações sociais, económicas, culturais chinesas. Um olhar bem construído da sociedade chinesa. Importante ler para perceber a China da atualidade. (GR: 4.26)

9. "As Memórias da Águia e do Jaguar" de Isabel Allende. Link no GR - Romance Mágico/ Surrealismo / Young-Adult

Três livros escritos por Isabel Allende que me fizeram viajar pelo mundo do surrealismo e do romantismo mágico da literatura sul-americana, quando eu ainda não sabia o que era isso. 

Conta as aventuras de Alexandre pelo mundo mágico das tribos, enquanto alerta para a situação das populações indígenas. 1º volume - A Cidade dos Deuses Selvagens (GR: 3.71); 2º volume - O Reino do Dragão de Ouro (GR: 3.85); 3º volume - A Floresta dos Pigmeus (GR: 3.77)

10. "Os Filhos da Droga" de Christiane F. Link no GR

Primeiro contacto que tive com a droga e as suas consequências foi com este livro. Li-o demasiado nova, contudo até hoje marcou-me. Uma história de vida impressionante! (GR: 4.20)

Caso queiram mais: 

"As Memórias das Minhas Putas Tristes" de Gabriel García Marquez. Livro que me deixou triste, durante muito tempo. Conta a história de amor entre um senhor, quase no fim da vida, e de uma rapariga, na flor da idade. (GR: 3.60)

"O Homem de Constantinopla" de José Rodrigues dos Santos. Primeira parte de dois livros inspirada na vida de Calouste Gulbenkian. Aspetos culturais e injustiças sociais foram os aspetos que mais me marcaram. (GR: 4.02)

"O Labirinto dos Espíritos" de Carlos Ruíz Zafón. Último livro da tetralogia de Zafón. Livro que conclui todo um conjunto de personagens apaixonantes e horríveis, em Barcelona. Opinião Aqui.

Já leram algum destes livros?

Que livros vos marcaram?

Comentários aqui em baixo, 

no insta,

no twitter

Kisses,

Tânia Oliveira

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.