Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

27.07.22

#28 Projetos de Leitura


Tânia Oliveira

Olá!

Antes da minha pausa prolongada, eu tinha alguns projectos de leitura que eu tinha preparado para o ano de 2022.

Os projectos eram Calhamaços Sem Perguntas, 12 Meses - 12 Livros e Grimm Sem Perguntas. Passo a explicar como surgiram e qual a finalidade deles nas minhas leituras. 

Calhamaços Sem Perguntas

(#calhamacossemperguntas)

Esta ideia surgiu da necessidade de me motivar a ler mais sagas ou continuar com o meu gosto com livros grandes (+ de 400 págs). Eu sou uma leitura de policiais, thrillers e romances históricos. Em 2021, quis alargar os meus horizontes como leitora e entrei no mundo da fantasia e ficção científica. E qual a melhor forma de me motivar a ler dois géneros diferentes de livros que não partilhando a minha viagem com vocês?

Daí, nasceu este projecto. Em 2022, ajudaram-me a descobrir novos autores de thrillers (obrigada, The Killer Book Club) e também incluí essas sagas. Já consegui acabar duas e estou em vias de acabar mais umas duas sagas. E quais é que são?

Acabei a trilogia do Conde de Monte Cristo do Alexandre Dumas (clássico francês); a saga da Erika Foster de Robert Bryndza (thriller). 

Em vias de terminar, Saga millenium do Stieg Larsson e continuada por David Lagercranzt, após a morte do autor original; a trilogia do Senhor dos Anéis de J.R.R. Tolkien. 

12 Meses - 12 Livros

(#leiturassemperguntas)

O projecto 12 Meses - 12 Livros foi criado para ler mais não-ficção ou ficção, mas diversificando os autores ou os temas escolhidos. Em 2021, este projecto não passou do mês de Março. E este ano, ia pelo mesmo caminho. Mas, embora não o consiga completar, ainda vou tentar cumprir os restantes meses até ao final do ano. De forma normal, eu leria um livro por mês, sorteando para ser mais desafiante. Como este ano, vou começar em Agosto, dos 12 livros vou sortear um e lê-lo. Este projecto estava pensado para ser divulgado com curiosidades no instagram e a opinião em vídeo (mais longa) e mais concisa aqui no blog. Os autores escolhidos vão desde Apneia (Tânia Ganho - em pausa) até o Amante Japonês de Isabelle Allende passando por Mossad de Eric Frattinni ou mesmo até ao Sei Porque Canta o Pássaro na Gaiola de Maya Angelou. 

Grimm

(#grimmsemperguntas)

Este projecto é sobre o livro de todos os contos Grimm. Sou uma apaixonada por folclore, lendas populares (descobri no último #omeunatalsemperguntas), por história. Quando encontrei o livro dos Grimm com toda esta informação e contos, o projecto surgiu naturalmente.

O objectivo seria descontruir todas as histórias infantis que nós conhecemos desde sempre; contar curiosidades e dar a conhecer uma parte da cultura germânica. 

Entretanto, adquiri os contos Hans Christian Andersen para fazer a mesma coisa. :) 

E agora, quero saber duas coisas: Quais são os vossos projectos de leitura para o ano de 2022? Contem-me tudo e digam-me se também dá para participar :) 

A segunda, já participaram no primeiro giveaway do Blog? Partilhem a vossa memória mais querida/engraçada com os vossos avôs neste post 

https://naomefacamperguntasdificeis.blogs.sapo.pt/27-giveaway-onde-as-cores-tem-sabor-de-41515

Na próxima quarta, vou-vos trazer a primeira review desde que regressei.

Querem escolher o livro que vou comentar? Deixo-vos 4 opções: 

1. A Vida Livresca de Nina Hill de Abbi Waxman

2. Aquorea - Inspira de M.G. Ferrey

3. Curiosidades do Vaticano de Luís Miguel Rocha

4. O Homem que Perseguia a Sua Sombra de David Lagercranzt

Escolham e deixem também nos comentários. 

Kisses,

Tânia Oliveira

20.07.22

#27 Giveaway "Onde as Cores Têm Sabor" de Ricardo Tomaz Alves


Tânia Oliveira

WhatsApp Image 2022-07-19 at 23.21.39 (1) (1).jpeg

Olá!

Acho que no último post, abri-me de uma forma que ainda não tinha feito neste blog. Como puderam constatar, projectos ficaram a meio, entre eles, o giveaway do livro "Onde as Cores Têm Sabor" do Ricardo Tomaz Alvez.

É um livro fofinho, leve, mas que nos transporta às nossas memórias, antes da entrada na faculdade; às nossas memórias com os nossos avôs. Um livro que me aqueceu o coração, na altura. Ainda hoje o relembro com carinho. Um livro para todas as idades e para todos. 

Mas, vamos lá saber como este giveaway vai funcionar. 

Regras: 

1. Este giveaway é exclusivo do blog. 

2. A decisão vai ser tomada só por mim e através de vídeo. 

3. No vídeo, vou reagir aos comentários. 

4. A pessoa que vencer será aquela que mais me emocionar ou me fizer rir mais. 

5. Este concurso é válido até dia 17 de Agosto, inclusive. No dia 18, reajo. 

Como Participar?

1. Comentem este post e partilhem a vossa história mais querida ou mais engraçada que tenham com os vossos avós. 

Boa sorte a todos!

Kisses,

Tânia Oliveira

19.07.22

#26 Ausência


Tânia Oliveira

Olá!

Estive ausente deste blog, do mundo de instagram, de tudo... A razão é simples, porém difícil de admitir. Ponderei muito sobre se devia ou não escrever este post. O mais fácil seria voltar a escrever um post sobre um tema habitual, neste espaço, como se nada fosse. Como se a minha última publicação aqui já não tivesse sido a 6 de Abril de 2021. Mas, por vezes, temos de enfrentar o caminho mais difícil e optar pela mudança. 

No ano passado, tive uma mudança a nível profissional, positiva até. Fui promovida. Fiquei com receio de aceitar, achava que não seria capaz. Mas, o entusiasmo pela oportunidade de evoluir falou mais alto que o medo e aceitei. Aceitei e o trabalho engoliu-me. Outras coisas se passaram, a nível pessoal, e tudo conjugado comecei a ter ataques de ansiedade e tudo o que isso implica. Deixei este mundo de lado, disse a mim mesma, é temporário. Volto, quando me conseguir organizar melhor, pessoal e profissionalmente. Todavia, não consegui. Os ataques começaram a ter uma assiduidade mais frequente, afetou a minha forma de trabalhar (já agora, lido com atendimento ao público) e cheguei ao ponto que sentia que não havia volta a dar. Com o apoio do meu namorado, pedi ajuda a uma psicológa. Durante uns tempos, a psicóloga foi-me ajudando a criar técnicas para ultrapassar os momentos de maior ansiedade. Aos poucos, fui melhorando. Contudo, foi só uma fase. Entrei num ciclo vicioso, ora o trabalho corria bem e eu parecia estar em controlo da situação. Ora, quando o trabalho não corria bem ou me deparava com um obstáculo que não conseguia ultrapassar, regredia. 

Quem sofre de ansiedade, sabe que aquilo que vou escrever é a realidade do nosso dia-a-dia. Perguntam-nos como estamos, se já estamos melhor. Qual é a frase que vocês dizem para responder a estas perguntas tão difíceis? Eu respondo "Um dia de cada vez" e rezo para que a conversa mude de rumo. Mas na altura em que regredi, não mudava, a pressão continuava para melhorar e sair da ansiedade, para sair desta fase má, diziam para ter força. Dentro de mim, só me apetecia gritar e desaparecer. 

Mas continuei com a terapia e com a ajuda da psicóloga, toquei em assuntos inacabados, alguns resolvi, outros estou em vias de começar a resolver. E depois, lá veio uma fase em que não andava bem. Eu que adoro o que faço, considerei muito seriamente, colocar baixa psicológica. Não tinha vontade fazer nada, qualquer situação mais chata fazia-me chorar. Depois disto tudo, lá veio um conselho que mudou tudo e que me levou a escrever este post. Quis fazer uma pausa na terapia e a minha psicóloga deu-me um conselho: ter uma consulta com uma psiquiatra. Estava com receio, não queria recomeçar. Não podia estar mais errada. A psiquiatra ajudou-me com a medicação certa para mim. Com a ajuda destas duas profissionais, de momento, estou zen, não ando tão nervosa, tão ansiosa e o melhor de tudo, ganhei vontade de voltar aos meus hobbies antigos e de criar novos, até. 

Eu sei que ainda estou longe de estar a 100%, contudo olhando para trás, sinto-me mais confiante em como estou mais perto de ficar melhor e de conseguir lidar com a ansiedade. 

Por isso, após um ano, três meses e três dias aka 469 dias (segundo o site do google), este blog vai ressuscitar.

Tenho muitas reviews que gostaria de partilhar com vocês, tenho projectos que comecei e não continuei e quero muito continuar. 

Vejam o próximo post, o primeiro giveaway do blog e como podem participar. ;)

Espero que este post possa transmitir um pouco de esperança, a quem está a sofrer de ansiedade.

Estamos juntos!

Kisses,

Tânia Oliveira

P.S. A partir da próxima semana, todas as quartas-feiras podem esperar um novo post!