Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

01.08.18

Sobre o Livro: #7 A Volta ao Mundo em 80 Dias de Júlio Verne


Tânia Oliveira

Hello :)

 

Como ontem anunciei no IG do blog, para quem não segue é este @naomefacamperguntas , vou escrever um post todos os dias até ao final de Agosto. Vocês conhecem melhor forma de eu atualizar este blog melhor que esta? :P Os 7 primeiros posts vão ser sobre livros. O tema da segunda semana vão ser as tão esperadas e aclamadas, brincadeirinha, crónicas da Mummy e Baby. Na terceira semana , volta a crónica #Ontem,viste o episódio? . Na quarta semana, os textos vão estar relacionados com comportamentos humanos que ando a observar e sinceramente, alguém tem de escrever sobre isso. Na quinta e última semana de Agosto, são vocês a escolherem os temas sobre os quais eu vou escrever. Pensem e deixem nos comentários o que decidirem. ;) 

Agora sim, vamos lá ao primeiro post de Agosto. 

Este post é sobre um livro que eu li para o desafio de Junho/Julho do Clube dos Clássicos Vivos (para quem não conhece este grupo, clique no nome e conheça o Blog. Ideia da Claúdia Oliveira ou também conhecida como A Mulher que Ama Livros). 

O livro vendedor foi A Volta ao Mundo em 80 dias de Júlio Verne. Este livro foi escrito por Júlio Verne e publicado em 1873. 

Apesar deste livro ter uma premissa narrativa muito simples, ela está, todavia, repleta de peripécias e coincidências. Numa noite, em consequência de um assalto ocorrido em Londres, Phileas Fogg refere que é possível que o ladrão já esteja bem distante. E numa calorosa discusssão, Phileas Fogg aposta contra os membros do seu clube em como é possível percorrer o mundo em 80 dias, mesmo com alguns imprevistos. E é assim que começa a aventura de Phileas Fogg e do seu criado, Passepartout. No meio desta viagem, Fogg é perseguido pelo polícia Fix, que acha Fogg responsável pelo assalto ocorrido em Londres. No meio destas aventuras todas, o leitor desespera por saber se Fogg consegue ou não ganhar a aposta. 

É um livro muito fácil de ler, cheio de peripécias e de aventuras, tal como é suposto ser um livro de aventuras. As personagens são engraçadas, especialmente Passepartout a quem acontece a maior parte das tropelias. Acho que foi por causa desta personagem que acabei por gostar do livro. Entendo que as descrições sejam necessárias, mas acabam por ser, ligeiramente, "secantes". 

Apesar de tudo gostei do livro, foi engraçado. Quem já leu? O que achou? Deixem a vossa opinião nos comentários :)

 

Kisses,

 

Mummy. 

 

P.S. Amanhã o segundo post será sobre a Tag #Lerosnossos