Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

Não Me Façam Perguntas Difíceis a Esta Hora

Um blog sobre os gostos literários, televisivos e cinematográficos de alguém que tem muitas aventuras para partilhar com a sua Baby e sem ela...

02.04.18

My Baby Drives Me Crazy #3 - edição mês de março


Tânia Oliveira

Hello. 

Ultimamente, a Baby pensa que manda. Ela pensa que já consegue vestir-se, tomar banho sozinha, ir para o autocarro sozinha, comer sozinha. Eu fico deveras admirada com esta atitude, aliás já lhe disse que por este andar, ela já pode começar à procura de um part-time ou mesmo full-time de fim de semana, porque não? Tem de ser é durante o fim de semana, durante a semana ela tem de ir à creche. Está fora de questão, ela abandonar a creche e ir trabalhar a full time. Mesmo, fora de questão!

Mas acho que esse ponto já ficou esclarecido, voltemos ao ponto em que a vou incentivar a ir procurar um trabalho. Acho bem que ela comece a contribuir para as despesas. Já lhe disse que as fraldas estão carissímas, os toalhetes não se falam...Meu deus, e a comida dela???? Um absurdo! Ela tem de começar a contribuir com a parte dela. 

Já ultrapassamos a época em que os pais sustentavam os filhos até aos 18 anos ou mais, agora a tendência é pô-los a trabalhar, a partir dos 3 anos ou até antes. Nos países nórdicos, começam aos 2 anos. Eles são muito à frente. 

E vocês, também já aderiram a esta moda? Os vossos filhos já pagam a despesa deles por completo? Como reagiram?

Kisses,

Mummy

P.s. Relembro esta rubrica é para ser levada na brincadeira...

02.04.18

My Baby Drives Me Crazy #2 - edição mês de fevereiro


Tânia Oliveira

Hello :)

Hoje vou discutir com vocês o drama, o horror de uma mãe querer uns minutos de silêncio e descontração quando vai ao wc. Tal momento só é possível, literalmente, quando Baby está na creche. Não sei como é em vossa casa,mas na minha é quase este cenário. 

A Mummy tenta escapulir-se para ir à casa de banho fazer as suas necessidades, pôr a leitura em dia, quiçá avançar um pouco no jogo da Candy Crush, pensar no que hei-de fazer da vida ou para o jantar ou para o almoço e de repente, ouço alguém a falar na sala: 

 

-Mummy, onde estás?

-Avó, a Mummy escondeu-se aonde?

-Oh Baby, a Mummy escondeu-se para aquele lado (e aponta na direção da casa de banho). 

E aí vai Baby em direção à casa de banho, como se lá estivesse um tesouro de chocolates ou de brinquedos ou simplesmente, o seu bem mais precioso, o colo da Mummy. 

E aí começa Baby a bater na porta, como se alguém estivesse lá aflito ou preso. 

E vencida pelo cansaço dela ou pelos batimentos na porta que já não suporto, interrompo, com calças pelos joelhos e abro-lhe a porta. 

Ela entra e eu volto para o que estava a fazer. Contudo, ela não estava satisfeita. Fechou a porta com uma violência só vista e avança para mim, a uma velocidade descontrolada. Depois, coloca as suas mãos nas minhas pernas e diz: 

- Colo, Mummy. 

Eu, farta daquela situação pelos cabelos, respondo:

-Porra, Baby, não posso ca*ar à vontade?

Ao que ela responde:

-Claro que podes, eu só te quero dar miminhos, enquanto estou sentada no teu colo.

What's the problem, Mummy?

Kisses,

Mummy

P.s. Relembro que qualquer semelhança com a realidade é só pura coincidência ou não...

P.s. 2 A Baby ainda não fala a este nível, mas eu gosto de pensar que ela daria estas respostas ou não...

 

01.04.18

#7 Tag "36 Perguntas Que Me Fizeram Gostar de Ti"


Tânia Oliveira

Boa noite.

A Claudia do blogue, A Mulher Que Ama Livros, lançou no seu canal de youtube um desafio aos seus seguidores, no seguimento do vídeo dela sobre o livro "36 Perguntas Que Me Fizeram Gostar de Ti". Ela propõe aos seus seguidores que respondam a estas 5 perguntas, em forma de vídeo, nos comentários ou nos próprios blogs. 

Eu preferi responder por aqui e aqui ficam as minhas respostas às tuas perguntas ;) 

 

1 - Serias capaz de participar num estudo de psicologia deste género?

Sim, seria. Talvez por curiosidade, por querer experimentar algo diferente. 

 

 

2 - Se pudesses convidar qualquer pessoa no mundo inteiro para jantar qual seria?

Não sei, talvez um primeiro impulso fosse escolher alguém conhecido, mas acho que acabaria por ficar tão envergonhada que acabaria por não conseguir manter uma conversa normal. Por isso, acho que iria preferir escolher alguém com quem pudesse ter uma conversa. Porque não, a própria Claudia, certamente que os temas das conversas seriam livros e filhos. Por isso, teríamos muito que falar. 

 

3 - Quando foi a última vez que cantaste? Já agora, revela a música.

Num karaoke? Foi com uma amiga minha, uma das minhas melhores amigas, cantávamos sempre Broken Strings de James Morrison, agarradas uma à outra. Sempre que a música acabava, davamos sempre aquele abraço apertado. Ah foram alguns anitos atrás. 

 

4 - Qual é tua memória mais marcante e antiga relacionada com os livros?

Lembro-me que foi o dia em que a minha irmã me ofereceu um livro grande com várias histórias infantis. Lembro-me de olhar para o livro e pensar, bem sou capaz de ler isto num ápice, li-o numa tarde :) Ainda hoje tenho esse livro, não sei onde, mas espero o passar à Baby. 

 

 

5 - Se só pudesses oferecer um único livro durante toda a tua vida, qual seria?

Lembro-me que os livros que mais me marcaram, li-os durante a minha pré adolescência, A Lua de Joana, O Diário de Anne Frank e os Filhos da Droga. Claro que mais tarde, também li outros livros que me marcaram, mas estes três tiveram aquele impacto. Por isso, se tivesse que oferecer um livro seria, sem sombras de dúvida, O Diário de Anne Frank. Até hoje, me pergunto que destino cruel foi aquele que a levou, dias ou meses antes das tropas aliadas invadirem o campo dela. 

 

Espero que tenham gostado de ler as minhas respostas, como eu gostei de participar. 

Kisses*

01.04.18

Desafio Literário #3 - Balanço de Fevereiro + Livros de Março


Tânia Oliveira

Boa tarde. 

Os livros escolhidos eram:

Sob Os Céus do Estoril, Maria João Fialho Gouveia - LIDO

Uma Promessa de Vida a Dois, Sandra Pinto - LIDO

Para Ti, Uma Vida Nova, Tiago Rebelo - LIDO

Para o mês de março, o tema escolhido eram livros de poesia. Contudo, surgiu a oportunidade de requisitar duas novidades e então tive de aproveitar. 

Por isso, neste momento, estou a ler:

Sinal de Vida, José Rodrigues dos Santos

Origem, Dan Brown

Assim que os acabar, vou iniciar o tema do mês de abril. Caso consiga, tentarei ler também um livro de poesia. Logo que os escolha, anuncio-vos. 

Os temas do mês de abril são livros diy, meditação e não ficção. Se tiverem alguma sugestão, deixem aqui nos comentários. 

Kisses* 

01.04.18

Sobre o livro #5 "Para Ti, Uma Vida Nova"


Tânia Oliveira

Hello again. 

Aqui fica a última opinião sobre último livro lido durante o mês de fevereiro. 

Ele chama-se Para Ti, Uma Vida Nova do escritor Tiago Rebelo. 

Também o poderia colocar na categoria de ler numa tarde de piscina ou de praia. 

Não gostei da história, não gostei do final, apesar de entender o porquê do autor ter escolhido aquele final. 

Este livro é fácil de ler, tem uma escrita muito acessível. Apesar de ter doses de romantismo, não é daqueles livros românticos em excesso, nem lamechas. Tem um final triste, mas lógico. 

Mais uma vez, para quem quiser um livro fácil de ler, este livro pode ser uma boa escolha. 

Apesar de não ter gostado deste livro, tal não significa que não goste do autor. Deixo aqui uma sugestão, do mesmo autor, O Homem que Sonhava ser Hitler (é um policial, mas muito bom!!!!). 

Alguém já leu? Gostaram ou nem por isso?

Kisses*

 

 

01.04.18

Sobre o Livro #4 "Promessa de uma Vida a Dois"


Tânia Oliveira

Hello. 

Aqui fica mais uma opinião sobre um dos livros lidos durante o mês de Fevereiro. 

O livro chama-se Uma Promessa de uma Vida a Dois e é da escritora Sandra Pinto. 

Se eu tivesse que categorizar este livro seria o ideal para ler durante uma tarde de verão na piscina ou na praia. 

A escrita da autora é simples, a história é simples, é tudo simples. Não digo isto de uma forma negativa, simplesmente é um livro que é muito fácil de ler e é uma boa escolha para descontrair ou mesmo para relaxar. 

A história do livro podia assemelhar-se a muitas que conhecemos ou vivemos. Achei este pormenor adorável, podermo-nos identificar com uma história que poderia ter acontecido a nós ou alguém que conhecemos. 

Se precisarem de um livro para descontrair, aqui fica uma opção. Boa leitura.

Alguém já leu? Gostaram ou nem por isso?

Kisses*

01.04.18

Sobre o livro #3 "Sob os Céus do Estoril"


Tânia Oliveira

Bom dia. 

Aqui fica a minha opinião sobre o livro Sob os Céus do Estoril de Maria João Fialho Gouveia. 

Quando requisitei este livro, muito sinceramente estava à espera de mais ação e menos romance. Queria um livro de ficção que envolvesse a II Guerra Mundial, um pouco de romance e muita ação. Quem deseja todos estes ingredientes, pode escolher outro livro porque este não é o ideal. Obviamente que tem muitos fatos sobre a IIGM e tem muito romance, mas a parte da ação fica muito aquém. 

Acabei por perder o interesse pelo livro:

- A ação ia avançando muito lentamente. 

- Só duas das personagens é que pareciam interessantes, mas somente em algumas partes. Refiro-me às principais (Emily e Bernardo). 

- Os diálogos e as descrições constituíram as partes mais interessantes do livro.

Apesar de tudo, o livro estava bem escrito, adorei a escrita dela. 

Quem deseja ler um livro romântico bem escrito, este livro é uma boa escolha. 

Alguém já o leu? Gostaram ou nem por isso?

Kisses* 

01.04.18

Desafio Literário #2 - Balanço de Janeiro + Livros de Fevereiro


Tânia Oliveira

Bom dia,

Como é que está tudo por aí?

Este mês não consegui ler os livros que pretendia. 

Dos livros requisitados:

 

A Bibliotecária de Auschtiwz de Antonio G. Iturbe - LIDO

Sob os Céus do Estoril de Maria João Fialho Gouveia - A LER

O Espião Português de Nuno Nepumoceno - POR LER

A Célula Adormecida de Nuno Nepumoceno - POR LER

As Novidades:

Sinais de Vida de José Rodrigues dos Santos - POR LER

A Origem de Dan Brown - POR LER

Como estou a meio do livro de Maria João Fialho Gouveia e ele insere-se na temática do mês de Fevereiro, vou acabar de lê-lo e depois transmito a minha opinião, aqui no blog. 

 

O tema do mês de Fevereiro é Livros Românticos e Lamechas. 

Aqui estão os escolhidos para este mês:

Para ti, Uma Vida Nova de Tiago Rebelo

Promessa de Uma Vida a Dois de Sandra Pinto. 

Kisses*